Mostrar el registro sencillo del ítem

dc.contributor.advisor Sand Leão Araújo de França, George
dc.contributor.advisor Tavera, Hernando
dc.contributor.author Condori Quispe, Cristobal
dc.coverage.spatial Perú
dc.date.accessioned 2018-10-29T15:54:48Z
dc.date.available 2018-10-29T15:54:48Z
dc.date.issued 2016
dc.identifier.citation Condori, C. (2016).==$Estudo da estrutura da crosta no norte do Peru usando a função do receptor$==(Dissertação de Mestrado). Universidade de Brasilia, Brasil. es_ES
dc.identifier.uri http://hdl.handle.net/20.500.12816/3192
dc.description.abstract Neste estudo foram analisados um total de 981 registros de eventos telessismos detectados por 28 estações sismográficas de banda larga, da Rede Sismográfica Nacional do Instituto Geofísico do Peru (2012-2015), CTBTO (2012-2015) e a rede temporal SisNort (2008-2009), com a finalidade de estudar a estrutura da crosta na região norte do Peru, aplicando os métodos de Funções do Receptor no domínio de tempo e Hk-Stacking. Os resultados mostram que a Zona Costeira possui crosta com espessura variando de 25 a 35 km e Vp/Vs média de 1,72. A espessura crustal na Cordilheira dos Andes é mais heterogênea e varia entre 45 e 55 km no norte, no entanto, na região central na Cordilheira Ocidental a espessura varia entre 55 e 60 km com Vp/Vs média de 1,78, e na Cordilheira Oriental a crosta apresenta valores entre 45 e 50 km e Vp/Vs média de 1,82. Na zona Sub-Andina, a espessura obtida é de 35 a 45 km com razão Vp/Vs de 1,75, e na Bacia Amazônica a espessura é de 35 e 40 km e Vp/Vs media de 1,76. As Vp/Vs correlacionam-se com as variações de fluxo de calor, espessura da crosta, e topografia, mostrando altos valores de Vp/Vs na Cordilheira Ocidental e Cordilheira Oriental, sugerindo uma crosta com composição máfica, e valores baixos de Vp/Vs na Zona Costeira, Sub-Andina e Bacia Amazônica, com uma crosta de composição félsica. O valor médio de Vp/Vs foi de 1,75±0,02 compatível com a região central do Peru. As espessuras crustais mostram correlação com as respostas gravimétricas (anomalia Bouguer), indicando um provável equilíbrio isostático, e também mostram que são consistentes com estimativas de espessura para regiões adjacentes, ou estimativas obtidas por outros métodos. es_ES
dc.description.uri Tesis es_ES
dc.format application/pdf es_ES
dc.language.iso por es_ES
dc.publisher Universidade de Brasilia es_ES
dc.rights info:eu-repo/semantics/openAccess es_ES
dc.rights.uri https://creativecommons.org/licences/by/4.0/ es_ES
dc.subject Sismología es_ES
dc.subject Sismometría es_ES
dc.subject Redes sísmicas es_ES
dc.subject Zonas de subducción es_ES
dc.subject Geofísica es_ES
dc.subject Zonas sísmicas es_ES
dc.title Estudo da estrutura da crosta no norte do Peru usando a função do receptor es_ES
dc.type info:eu-repo/semantics/masterThesis es_ES
dc.subject.ocde http://purl.org/pe-repo/ocde/ford#1.05.04 es_ES
dc.subject.ocde http://purl.org/pe-repo/ocde/ford#1.05.00 es_ES
thesis.degree.name Mestre em Geociências Aplicadas es_ES
thesis.degree.grantor Universidade de Brasília, Instituto de Geociências, Pós-graduação em Geociências Aplicadas es_ES
thesis.degree.level Maestría es_ES
thesis.degree.discipline Geofísica aplicada es_ES

Thumbnail

 Disponible

Colecciones

Mostrar el registro sencillo del ítem

info:eu-repo/semantics/openAccess Excepto si se señala otra cosa, la licencia del ítem se describe como info:eu-repo/semantics/openAccess